Autoria: Portal EducarBrasil


Titulo: O Cururu e o Siriri, folclore pantaneiro


Corpo do Texto:

Cururu e Siriri são duas manifestações folclóricas pantaneiras, típicas da Região Centro-Oeste brasileira, mais precisamente nos Estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. São tradições ligadas aos festejos religiosos e às comemorações comunitárias, tais como casamentos e batizados. Essas duas tradições são mais populares em zonas rurais e ribeirinhas.

Câmara Cascudo, um importante folclorista brasileiro, afirma que o Cururu acontece como um peça de teatro, onde há momentos corretos para a apresentação de rezas e ladainhas. No Cururu, a música acompanha as orações, e, no Siriri, a música marca a dança.

Nas festas religiosas, o Siriri acontece após o Cururu. É uma dança realizada aos pares, e os passos executados pelos dançarinos são chamados de fornadas. Os homens tocam e puxam versos entoando a primeira parte da estrofe e o último verso cantado pelos outros participantes. As letras das músicas falam das coisas da vida de forma simples, alegre e triste. Os instrumentos musicais que acompanham as canções são a viola de cocho, o cracachá, ou ganzá, e o mocho ou tamboril. A coreografia da dança transmite o respeito e o culto à amizade.

Na coreografia básica da dança, as mulheres mexem as longas e coloridas saias com estampas florais e batem os pés descalços no chão, um ritual indígena que serve para afastar os maus espíritos. Os homens acompanham a toada e os passos com palmas e pisadas fortes. Usam sapatos porque fazem uma espécie de sapateado. O traje típico para os homens é uma calça mais folgada, camisa xadrez ou lisa, faixa de peão listrada, botina, chapéu de palha, faca na bainha, ajustada sob a faixa nas costas.

Há várias formas de se dançar o Siriri. No Siriri de Roda, os dançarinos tocam as mãos espalmadas do parceiro da esquerda e da direita, com movimentos rápidos. No Siriri de Fileira, as mulheres ficam à frente dos homens, e ambos batem palmas. No Siriri mamãe olhe o carneiro e no Siriri Boi-tá-brabo-no-curá, os pares de mãos dadas se posicionam em uma roda fechada. A pessoa do centro da roda tenta escapar, e os demais devem impedir a fuga. O Siriri de galope é formado por quatro pares, que se cruzam com pulos diagonais pelas laterais.

Há nove anos, em Cuiabá, capital do Mato Grosso, nos meses de agosto ou setembro, acontece o Festival Cururu Siriri. Os grupos escolhem um tema ou santo para homenagear e se preparam o ano inteiro para essa apresentação, que dura cerca de 30 minutos.

De acordo com Dona Domingas Eleonor da Silva, o festival é um evento fundamental para a permanência da tradição do Cururu e do Siriri. Durante esse evento, adultos e crianças reúnem-se para assistir aos grupos cururueiros.

Dona Domingas conta que brincar de dançar o Siriri é comum em estados do Nordeste brasileiro. Mas é somente no Mato Grosso e no Mato Grosso do Sul que o Siriri é dançado por pessoas de todas as idades. Além disso, é importante que esses estados desenvolvam projetos culturais que cuidam da manutenção dessa tradição, estimulando festejos públicos e atividades de valorização do Cururu e do Siriri em escolas pantaneiras.


Pontos Selecionados:

Mato Grosso do Sul

 

Estado brasileiro localizado na região Centro-Oeste do país. Limita-se com Goiás, a nordeste, Minas Gerais, a leste, Mato Grosso, ao norte, Paraná, ao sul, São Paulo, a sudeste, Bolívia, a oeste, e Paraguai, ao sul. Está sob as coordenadas geográficas 20° 26' 34''latitude S e 54° 38' 47'' longitude W. Campo Grande é sua capital e possui a maior economia do estado.  Seu clima é tropical, e oCerrado recobre a maior parte do estado com presença da Mata Atlântica.

Sua economia se baseia na produção rural, na extração mineral, na prestação de serviço e no turismo. O Cururu e o Siriri são duas manifestações folclóricas importantes para a região, que hoje faz parte do roteiro turístico do estado.

Curiosidades: http://www.turismo.ms.gov.br/

Mapa: http://www.mapas-brasil.com/mato-grosso-sul.htm

Bandeira:


Link da Bandeira: http://www.marcosgeograficos.com.br/adm/bandeiras/e54410ef15265ca16ee6380f4a8c507c.png


Corumbá

 

Corumbá é um município do Estado do Mato Grosso do Sul e está situado à margem esquerda do rio Paraguai, fazendo fronteira com o Paraguai e a Bolívia. É o maior município em extensão territorial do estado. Está sob as coordenadas 19º00’32” latitude S e 57º39’10” longitude W. É a segunda cidade mais importante do estado em aspectos econômicos, a primeira em cultura e a terceira em população. Em sua economia, destacam-se as atividades de agropecuária, mineração, pesca, turismo, comércio e serviços.

O Cururu e o Siriri são representações que fazem parte da cultura tradicional local e que podem ser encontradas em festas comuns e nos eventos folclóricos.

Curiosidades:   http://www.corumba.ms.gov.br/canal.php?c=71

Mapa: http://www.mundi.com.br/Mapa-Corumba-2710020.html

Bandeira:


Link da Bandeira: http://www.marcosgeograficos.com.br/adm/bandeiras/39b4baa8bb91a2ec53f2044f7221c592.jpg


Mato Grosso

 

Mato Grosso é um estado brasileiro que faz parte da região Centro-Oeste e que tem Cuiabá como capital. Limita-se a norte com o Amazonas e o Pará, a leste com Tocantins e Goiás, ao sul com Mato Grosso do Sul, e a oeste com Rondônia e Bolívia. Suas coordenadas geográficas são 15° 35' 46'' latitude Sul e 56° 05' 48'' longitude W.  Na vegetação, predominam as florestas, e o clima é tropical úmido e tropical.

A economia do estado se destaca pela agricultura, pela pecuária, pelo extrativismo mineral e vegetal e pelo turismo. O Cururu e o Siriri são duas manifestações folclóricas importantes para a região, que fazem parte do roteiro turístico do estado.

Curiosidades: http://www.mt.gov.br/wps/portal?cat=Cultura%2C+Esporte+e+Lazer&cat1=com.ibm.workplace.wcm.api.WCM_Category%2FCultura%2F5a11d6004fe4aed0bf87bf94d1d615af%2FPUBLISHED&pagedesign=template_site&showForm=no&siteArea=In_cio

Mapa: http://www.mapas-brasil.com/mato-grosso.htm

Bandeira:


Link da Bandeira: http://www.marcosgeograficos.com.br/adm/bandeiras/29e1dcae06cfdcdc241ba075af8757ea.jpg


Cuiabá

 

Cuiabá é a capital do estado do Mato Grosso e está sob as coordenadas geográficas 15°35'56" latitude Sul e 56°06'05" longitude Oeste. Apresenta um clima tropical quente e úmido. É cercada pelos ecossistemas da Amazônia, do Cerrado e do Pantanal. Sua economia está concentrada no comércio e na indústria.

O Festival Cururu Siriri ocorre em Cuiabá há nove anos e é o maior evento de expressão cultural do Mato Grosso. Durante quatro dias, cerca de 27 grupos  apresentam sua dança com um tempo de 30 minutos. O festival contempla também a culinária e o artesanato típicos da região.

Curiosidades:   http://www.cuiabatur.com.br/mapas.asp?categoria=1

Mapa: http://www.mundi.com.br/Mapa-Cuiaba-2710106.html

Bandeira:


Link da Bandeira: http://www.marcosgeograficos.com.br/adm/bandeiras/597946643da84dbfda4c94eaee665097.png


Cáceres

 

Município do estado do Mato Grosso, faz fronteira com a Bolívia e se localiza na mesorregião Centro-Sul-Matogrossense. Está sob as coordenadas 16°04'16" latitude S e 57°40'44" longitude W. A principal atividade econômica é a pecuária. Possui um dos maiores rebanhos bovinos do Brasil e o único frigorífico de jacaré da América Latina. O clima é tropical subúmido.

Esse importante município do Pantanal mantém a tradição das danças Siriri e Cururu,  que são realizadas na região nos eventos folclóricos e festivos. O Siriri pantaneiro, como é chamado nessa cidade, é dançado em roda e em fileira.

Curiosidades:   http://www.caceres.mt.gov.br/?pg=caceres&id=turismo

Mapa: http://www.caceres.mt.gov.br/?pg=caceres&id=mapa

Bandeira:


Link da Bandeira: http://www.marcosgeograficos.com.br/adm/bandeiras/e2874344b0c751efabe052e223881485.jpg


Questão Investigativa:

Para a permanência das manifestações folclóricas pantaneiras, representantes populares se associaram ao governo, criando projetos voltados para a divulgação e a prática do Cururu e o Siriri. Você sabe se, em sua cidade ou região, existe algum tipo de apoio para a manutenção de tradições populares? Por que é importante a organização de projetos voltados para a manutenção de tradições folclóricas?


Competência e habilidade:

Competência: Analisar a diversidade nacional e global em relação a língua, regiões, culturas, climas, povos e economia, além de perceber a diversidade como elemento integrante do contexto da Globalização.

Habilidade:


Anexo: arquivo KMZ


Destaque:

Sites de apoio didático-pedagógico:


Questão Investigativa:

Para a permanência das manifestações folclóricas pantaneiras, representantes populares se associaram ao governo, criando projetos voltados para a divulgação e a prática do Cururu e o Siriri. Você sabe se, em sua cidade ou região, existe algum tipo de apoio para a manutenção de tradições populares? Por que é importante a organização de projetos voltados para a manutenção de tradições folclóricas?


Atividades para estudantes:

Sugestão docente:

O docente poderá promover uma investigação sobre manifestações folclóricas locais e organizar um festival para a divulgação de eventos populares. Dessa forma, favorecerá ao estudante a identificação de diferentes tipos de práticas culturais locais.


Temas transversais:

Pluralidade Cultural


Referencias:


Resumo:

O Cururu e o Siriri são manifestações folclóricas pantaneiras ocorridas nos Estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e receberam influências indígenas, africanas, portuguesas e espanholas.Confira!


Créditos
Link imagem:http://www.marcosgeograficos.com.br/adm/imagem/

Marcos Geográfico


IMPRIMIR